Blog

Mantenha a brucelose longe do seu rebanho!

Mantenha a brucelose longe do seu rebanho

A brucelose é uma doença infecciosa causada por bactérias do gênero Brucella. A bactéria se localiza no útero, na placenta ou no úbere das fêmeas doentes e nos testículos de bovinos infectados. Animais com sexualidade madura e vacas prenhas  têm tendência maior à brucelose. Assim, a principal característica da doença é causar problemas reprodutivos.

A brucelose também pode ser transmitida do animal para o homem. Os profissionais que lidam com os animais são mais propensos a pegar a doença, por isso é importante a utilização de equipamentos de segurança para não ter contato direto com restos fetais, produtos de abortos, entre outros elementos infectados.

Formas de transmissão

 

A brucelose tem como principal via de contaminação a digestiva: água, alimentos, objetos e pastos contaminados com restos fetais são as fontes de infecção mais frequentes. É comum o ato dos animais se lamberem, neste caso um bovino sadio ao lamber a genitália de uma fêmea infectada acaba sendo também infectado.

Sintomas

 

O principal sintoma de brucelose é o aborto frequente, porém não significa que todas as vacas com a doença sofram aborto. As vacas que abortam vão se tornando resistentes e em consequência, os abortos vão se tornando menos frequentes nas próximas gestações. De acordo com o médico veterinário Guilherme Gomes, também são sintomas de brucelose:

  • Nascimento de bezerros fracos
  • Retenção de placenta
  • Corrimento vaginal
  • Inflamação das articulações
  • Inflamação dos testículos
 
Prejuízos

 

A brucelose gera muitas perdas econômicas que podem se caracterizar por abortos, nascimentos prematuros, repetições de cio, entre outros. Estima-se que a brucelose seja responsável pela redução de até 25% da produção de leite e 15% da produção de bezerras.

Prevenção

 

Atualmente a vacina contra a Brucelose é obrigatória no Brasil. Devem ser vacinadas as fêmeas com idade entre 3 e 8 meses de idade, pois não estão na fase de maturidade sexual. De acordo com o artigo “Foco na Brucelose Bovina” publicado na revista Milkpoint, para o controle da Brucelose é fundamental aplicar algumas medidas para erradicar a doença do rebanho leiteiro, além da vacinação obrigatória:

  • segregação e sacrifício dos animais infectados
  • limpeza / desinfecção das instalações e utensílios
  • destruição de restos placentários e fetos abortados
  • utilização de pasto maternidade
  • testes e quarentena na introdução de animais no rebanho

 

Manter a vacinação dos rebanhos leiteiros em dia é de extrema importância. Adquira a vacina contra a Brucelose na nossa loja AgroROGE:

New Call-to-action

 

Fundação Roge

Fundação Roge

Apaixonados por educação para o campo! Incansáveis. Ilimitados. Somos um time de talentos, prontos para realizar, para encantar e mais prontos ainda para transformar.