Blog

16 Práticas que garantem a higiene na ordenha

16 Práticas que garantem a higiene na ordenhaBoas práticas de produção garantem animais saudáveis, leite livre de resíduos e de acordo com as condições sócio-ambientais adequadas. Uma dessas principais práticas é a higiene na ordenha, envolvendo o ambiente, os procedimentos e os cuidados com a armazenagem do leite.

A falta de cuidados com a higiene interfere diretamente na qualidade do leite. Descuidos do ordenhador, uso de materiais sujos e a falta de higienização dos animais aumentam as chances de contaminação. Mas a falta de refrigeração do leite também é um fator que compromete muito a produção de leite de qualidade.

Segundo a Embrapa, “a qualidade do leite cru está relacionada com o número de bactérias inicial no úbere do animal e do ambiente externo no ato da ordenha. Considera-se leite de boa qualidade aquele que ao sair do úbere do animal contenha aproximadamente de 1.500 a 2.500 bactérias por cm3. (...)  um latão mal lavado pode adicionar até oito milhões de bactérias em cada mililitro de leite.”

A falta de higiene na ordenha compromete todo o trabalho da fazenda, principalmente a lucratividade. Porém, evitar esses danos pode ser tarefa simples e barata, através do uso de boas práticas no manejo de ordenha.

O quê fazer antes da ordenha?

1)Manter o rebanho protegido de doenças através da vacinação e acompanhamento de um profissional

2) Aparar com frequência os pelos da cauda e próximos ao úbere

3) Utilizar a identificação dos animais para a separação dos que estão em tratamento ou observação

4) Cuidar para que a condução até o local de ordenha não provoque estresse, nem lesões

5) Garantir a manutenção e higienização correta dos equipamentos e utensílios de ordenha

Cuidados com o ambiente e com o ordenhador

6) Cuidar para que o ambiente de ordenha seja de fácil limpeza, tenha boa drenagem, boa circulação de ar e iluminação

7) Treinar um profissional auxiliar para a limpeza do ambiente. O ordenhador deve cuidar apenas da ordenha

8) Garantir a boa saúde do ordenhador, assim como ter rigor com a limpeza de suas roupas. Ele deve ter unhas e cabelos bem cortados, usar botas e boné, não fumar no local

Higiene no manejo de ordenha

9) Fazer o pré-dipping e secar

10) Dispensar os três ou quatro primeiros jatos, eliminando microorganismos e identificando possível mastite

11) Ordenhar até o esgotamento total do leite

12) Realizar a desinfecção dos tetos após a ordenha (pós-dipping)

13) O uso da água na higiene da ordenha somente é indicado quando os tetos estão com muita matéria orgânica como lama e esterco. O uso de água pode causar contaminação

Armazenamento correto do leite

14) Resfriar o leite imediatamente após a ordenha. Deve-se alcançar aproximadamente 4°C em até duas horas

Após a ordenha

15) Limpar equipamentos, utensílios e ambiente da forma correta e com os produtos corretos, antes de começar a formar resíduos nas tubulações

16) Realizar a limpeza do tanque logo após a retirada do leite

 

Saiba como garantir a qualidade no manejo de ordenha:

Clique aqui

 

 

Fundação Roge

Fundação Roge

Apaixonados por educação para o campo! Incansáveis. Ilimitados. Somos um time de talentos, prontos para realizar, para encantar e mais prontos ainda para transformar.