Blog

12 Dicas imperdíveis para te ajudar na escolha da profissão

 

12 Dicas imperdíveis para te ajudar na escolha da profissão

Sua cabeça está a maior confusão? Quem sou eu? Para onde eu quero ir? Do que eu gosto mais? Quais são os meus sonhos? Com quem eu posso contar? Onde eu consigo informações? Que carreira eu quero seguir? Estou preparado para a vida? Será que vou bem no Enem? E se eu escolher errado?

Tudo normal, como com a maioria dos jovens adolescentes. Cabeças cheias de dúvidas e o coração angustiado, principalmente quando o fim do Ensino Médio se aproxima e é preciso pensar na escolha da profissão certa.

A vontade de fazer algo que você goste, a preocupação com o retorno financeiro, a opinião dos pais e amigos. Tudo isso interfere, e muito, na escolha da profissão na adolescência.

Investir numa carreira é mesmo uma tarefa complicada. Mas pode aliviar a ansiedade entender que, como explica Andréa Godinho de Carvalho Lauro, orientadora vocacional, "Escolher a profissão não significa definir toda a sua carreira".

Um pouco de ordem e planejamento com certeza também podem ajudar muito nesse período difícil da escolha da profissão pelos jovens.

Dicas que podem te ajudar na escolha da profissão

 

É possível fazer escolhas mais seguras em relação à futura profissão seguindo alguns passos listados pela especialista Juliana Bernardino:

1) Identificar a área de interesse na escola

De quais disciplinas você mais gosta na escola? Em quais tem o melhor desempenho? Esse é um excelente início para identificar áreas de maior interesse. Não deve ser visto como algo exato, mas sim como pistas de sua preferência.

2) Conhecer-se com profundidade

Tentar entender sua personalidade e conhecer suas habilidades extracurriculares. Como você se vê? Quais suas preferências? Como costuma se comportar? O autoconhecimento é essencial nesse processo!

3) Informar-se!

Essa é uma das dicas mais importantes: buscar informações rigorosas em fontes confiáveis a respeito das profissões e cursos que te chamam a atenção. Qual o campo de trabalho? Que habilidades exige? Que disciplinas vou estudar? Qual a faixa salarial? Leia, assista vídeos, participe de feiras.

4) Conversar com a família

Confie na experiência de vida de seus pais e familiares. Converse com eles sobre suas dúvidas, ouça como foi esse momento para eles. Pesquisem juntos. A escolha da carreira profissional é sua, mas a família pode ampará-lo.

5) Procurar profissionais do mercado

Converse com quem já está nas profissões que te chamam atenção. Investigue sua rotina, suas dificuldades e prazeres no exercício deste trabalho. Isso pode ser revelador, empolgante ou desestimulante, mas com certeza irá ajudá-lo a decidir.

6) Visitar universidades

Conhecer o ambiente, as disciplinas, os estudantes, professores. Esse é uma excelente tarefa para você fazer com sua família e amigos.

7) Saber diferenciar profissão e carreira

Escolher uma profissão é o primeiro passo para se construir uma carreira, não é uma sentença de vida. As opções de hoje podem mudar muito ao longo do curso e da carreira.

8) Projetar-se no futuro

Como você se vê daqui a 10 anos? Como quer estar vivendo? O que quer ter conquistado? Onde gostaria de estar?

9) Evitar idealizações

Saiba que ainda depois de muita pesquisa e planejamento você pode se decepcionar com algumas coisas e encontrar algo que não imaginava. É bem possível que o caminho escolhido não atenda 100% dos seus sonhos. Mas é assim a vida! É preciso saber lidar com os imprevistos.

10)  Identificar seus pontos fortes e fracos

Liste lado a lado seus pontos fortes e seus pontos fracos. Depois tente associá-los a uma profissão. Você ficará seguro de suas habilidades e saberá o que vai precisar desenvolver para seguir esse caminho. Dica valiosa: escreva sua autobiografia para se conhecer melhor!

11) Procurar um orientador profissional

A ajuda de um profissional é interessante principalmente porque é alguém que vai te ajudar nas reflexões e escolhas sem julgamentos, como geralmente acontece com as famílias. Ele vai ajudar, mas quem vai escolher será você.

12) Escolher com calma

Melhor escolher mais tarde com mais segurança do que ficar batendo a cabeça por aí. Mas vale lembrar que toda decisão deve ser partilhada com a família.

Como dito anteriormente, seja qual for a decisão, deve-se ter em mente que a escolha da profissão não é algo para a vida toda, e que mudanças podem ocorrer no meio do caminho.

Busque o autoconhecimento, tenha paciência e perseverança!

 

Quer saber como o curso técnico pode ajudar na escolha da profissão?

Clique aqui

 

 

Fundação Roge

Fundação Roge

Apaixonados por educação para o campo! Incansáveis. Ilimitados. Somos um time de talentos, prontos para realizar, para encantar e mais prontos ainda para transformar.