Blog

Fundação Roge: Curso Técnico em Agropecuária focado na bovinocultura

Fundação Roge Curso Técnico em Agropecuária focado na bovinoculturaA FUNDAÇÃO ROGE, entidade filantrópica sem fins lucrativos, localizada em Delfim Moreira – MG nasceu há 20 anos para ofertar educação profissional técnica de nível médio à jovens de todo o Brasil. O Curso Técnico em Agropecuária oferecido pela Academia do Leite, projeto educacional da FUNDAÇÃO ROGE, tem como foco de formação a área de Bovinocultura Leiteira.

Cursos técnicos no Brasil

 

O Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT), construído pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (MEC) estabelece as normas que regem os 227 cursos técnicos Brasileiros e estabelece as diretrizes em termos de cargas horárias mínimas, perfil profissional de conclusão, infraestrutura mínima requerida, campo de atuação, ocupações associadas à Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) e normas associadas ao exercício profissional. O catálogo prevê também possibilidades de certificação intermediária em cursos de qualificação profissional, de formação continuada em cursos de especialização e de verticalização para cursos de graduação no itinerário formativo.

O curso técnico em Agropecuária da FUNDAÇÃO ROGE segue as normas do MEC e conseguiu, junto à Secretaria Estadual de Educação do Estado de Minas Gerais, autorização para direcionar o currículo técnico do curso para a especialidade Bovinocultura Leiteira.

 

Como funciona o Curso Técnico em Agropecuária da FUNDAÇÃO ROGE?

 

O Curso Técnico em Agropecuária da Academia do Leite/FUNDAÇÃO ROGE forma técnicos especialistas no leite e está calcado em um tripé de formação que é a formação humana, técnica e de gestão. A instituição possui parceria com a Clínica do Leite e, portanto, possui dentro do currículo técnico a disciplina Gestão da Produção Leiteira que trabalha ferramentas de gestão aplicadas ao leite. 

O currículo escolar engloba as disciplinas do Ensino Médio e do Ensino Técnico, este último reproduz os setores produtivos de fazendas de leite e abrange conhecimentos relacionados à Genética, Reprodução, Nutrição, Máquinas e Mecanização, Forragicultura, Gestão Ambiental, Bem estar animal, Cria e Recria, Tecnologia Aplicada, Segurança e Qualidade do Leite, Sanidade, Gestão Leiteira, Tecnologia Aplicada, dentre outros.

O Ensino Técnico é oferecido de forma conjunta com o Ensino Médio e acontece em período integral, incluindo aulas teóricas e aulas práticas com uso de metodologias tradicionais e ativas. O curso é gratuito, sem custo com mensalidade para o aluno. 

Para ingressar na escola o aluno precisa participar do processo seletivo agendado e estar cursando ou ter concluído o 9° ano do Ensino Fundamental II.

Para se formar o aluno precisa cumprir carga horária de atividade complementar, estágio curricular, visitas técnicas e também precisa elaborar e apresentar para banca examinadora o Trabalho de Formação Técnica.

 

E depois de formado quais os campos de atuação do técnico em Agropecuária?

 

As atribuições dos técnicos em Agropecuária e o seu campo de atuação são abrangentes incluindo ocupações técnicas e de gestão em propriedades rurais de pequeno, médio e grande portes, em empresas comerciais agropecuárias, em estabelecimentos agroindustriais, em empresas de assistência técnica, de extensão rural e de pesquisa, em parques e reservas naturais, em cooperativas e em associações rurais.

O decreto n° 90.922 de 06/02/1985 regulamenta a Lei n° 5.524 de 05/11/1968 e dispõe sobre o exercício da profissão do Técnico em Agropecuária descrevendo atribuições e campos de atuação de forma detalhada. 

 

Optar pelo curso técnico em Agropecuária é uma escolha inteligente devido à crescente demanda do mercado por profissionais qualificados desta área.

 

Quer mais razões para escolher o curso técnico em Agropecuária?

Clique aqui

 

 

 

Carmem Lúcia Ferreira Alves

Carmem Lúcia Ferreira Alves

Graduada em Psicologia e em Gestão de Recursos Humanos, com extensão em Docência e com especializações em Gestão de Pessoas, em Orientação Profissional de Adolescentes, em Terapia Comunitária Sistêmica Integrativa, em Gestão Educacional e em Gestão de Empresas Produtoras de Leite pelo Sistema MDA. Apaixonada por Educação, atualmente exerce a função de Gestora Educacional e Diretora da Escola Técnica da FUNDAÇÃO ROGE, e considera que o aprendizado constante é a chave para o sucesso profissional e pessoal.