Blog

4 Dicas para ter sucesso no cultivo de milho para silagem

corn-1841271_1920*Texto adaptado do trabalho “ Avaliação econômica e desempenho de rebanho leiteiro com diferentes silagens de milho”, do aluno Flávio Eduardo Martins Gomes, formado no Curso Técnico em Agropecuária da Fundação Roge.

 

É de extrema importância analisar, controlar e assegurar um alimento de boa qualidade para garantir maiores retornos positivos para a fazenda leiteira. Uma excelente opção é a silagem de milho, um alimento nobre na alimentação de bovinos de leite por conter bons níveis de nutrientes solúveis.

Quando se fala em plantar a cultura do milho, o planejamento da lavoura deve iniciar com a escolha correta do híbrido, independente da finalidade da lavoura ser produção de silagem ou grão. Sempre deve-se seguir as orientações agronômicas levando em conta as características da região como  altitude, solo, clima, etc e do período de cultivo, ou seja, verão ou safrinha (Pereira 2016). 

Alguns cuidados podem influenciar na produção do milho para silagem, por isso é necessário que o produtor esteja atento para escolher a semente que irá utilizar. Por este motivo é necessário:

 

1. Fazer análise do solo

Preparar o solo antes do plantio é fundamental para garantir bons resultados. É necessário avaliar sua fertilidade, características físicas e limpar o local, eliminando todos os restos de outras plantações ou seja, fazer uma análise.

O objetivo da utilização da análise de solo é dar uma orientação do que já existe e determinar o que necessita ser corrigido, dando emprego à utilização de fertilizantes e calcário.(LUZ; FERREIRA; BEZERRA, 2002)

 

2. Avaliar altitude e clima

A altitude pode influenciar a temperatura ambiente e isso pode afetar o milho que, por ser uma planta sensível ao clima, acaba sofrendo alterações.

As regiões mais altas são indicadas para o plantio, pois as temperaturas são amenas e isso fará com que o local tenha a tendência de maior produtividade.

Segundo o Blog Agronegócio em Foco, para que a semente desenvolva o processo de germinação e emergência é fundamental que, ao ser colocada no solo, sejam fornecidas as condições adequadas de umidade e temperatura. As temperaturas ideais para germinação e emergência devem girar em torno de 25ºC e 30ºC. (Ageitec – Embrapa)

 

3. Verificar as características ideais dos grãos

Segundo (Pereira 2016) o milho para produção de silagem tem que possuir:

  • boa estabilidade agronômica
  • maior tolerância às pragas e doenças
  • potencial de produção de forragem MS (Matéria Seca)
  • uniformidade com grãos que influenciam na concentração de energia e amido 

 

4. Dar preferência às sementes de grão dentado ou semidentado

Bernardes (2003), diz que, para a produção de silagem sempre se deve escolher semente de grão dentado ou semidentado que:

  • favorecem a quebra no processo de ensilagem, melhorando sua digestibilidade 
  • melhora o aproveitamento do alimento pelo animal
  • reverte este processo em maior produção de leite. 

 

Você quer produzir uma silagem de alta qualidade? Então, fique atento às suas escolhas! Analise, avalie, busque por conhecimento, procure por quem entende do assunto e descubra qual semente se adequa melhor à sua região, assim você garantirá a alimentação adequada para o seu rebanho leiteiro. 

Quer mais dicas para garantir a qualidade da silagem de milho?

Clique aqui

 

 

Fundação Roge

Fundação Roge

Apaixonados por educação para o campo! Incansáveis. Ilimitados. Somos um time de talentos, prontos para realizar, para encantar e mais prontos ainda para transformar.